Vovó Vigarista — David Walliams

O protagonista de Vovó Vigarista é Ben ou Benny, um garoto de 11 anos, que mora com os pais e tem o sonho de se tornar encanador. A história conta a relação entre Ben e sua avó, com quem é obrigado a passar todas as noites de sexta-feira,  enquanto seus pais participam em eventos de  dança e sonham com o dia em que seu filho tornar-se-á um dançarino profissional e vencerá o concurso Dançando com Superestrelas.

O  comediante britânico David Walliams, em seu primeiro livro lançado no Brasil,  Vovó Vigarista, traz uma leitura fácil, rápida, descontraída e deliciosa, que leva o leitor a sorrir desde o título sugestivo até as ilustrações criativas e engraçadas que começam na capa do livro e acompanham todo o desenrolar da história.

Com uma linguagem acessível e tipicamente infantil, Walliams traz situações em que as crianças facilmente se identificam, contadas por um narrador que várias vezes para a história para interagir com o leitor, divertindo e emocionando com humor e drama sem exageros.   

Ben, é um garoto que não gosta de ler, cuja paixão são os encanamentos, tubulações e afins. Isso mesmo, seu sonho é ser encanador, tanto que sua revista preferida é a Revista do Encanador.

A verdade é que para Benny permanecer na casa da avó, todas as sexta-feiras à noite, representa um pesadelo interminável, pois além de ser chato, tem que  fazer palavras cruzadas e ir para a cama às oito horas da noite, mas, antes, tem que “saborear” os diferentes pratos que sua avó prepara com repolho.

Como a maioria dos pré-adolescentes, Benny, considera sua avó, uma velhinha chata e ultrapassada, que o obriga a fazer palavras-cruzadas e, como se não bastasse, é viciada em repolho, portanto, é uma avó que cheira a repolho e  todos os seus pratos têm repolho: sopa de repolho, bolo de repolho e até chocolate de repolho!

Na verdade, a avó de Benny, como a maioria das pessoas idosas, desprezada pela família, vive sozinha em um pequeno chalé, em seu próprio mundo com sua especialidade em pratos de repolho e seus livros de espiões e thrillers em geral, tendo como ponto alto de sua semana a visita “involuntária” de seu neto, nas vésperas de sábado, o qual ela sempre o espera espreitando pela janela.   

"Juntos,  ela e Ben observaram o pequeno carro marrom se afastar às pressas... Os pais dele também não gostavam de ficar com ela. Ali era apenas um local conveniente para largá-lo em uma sexta à noite.
— Não... hã... Sinto muito, vovó... — Gaguejou Ben.
— Ah, bem, entre, então — murmurou ela. — Eu já peguei a revistinha de palavras-cruzadas e, para o jantar, preparei seu prato preferido: sopa de repolho!"

Mas o que poderia fazer uma velha solitária, a não ser  jogar palavras-cruzadas, comer repolho, roncar e falar com vozinha de bebê quando se dirigia ao neto, isto sem contar os puns que soltava enquanto caminhava!  Mas seriam esses motivos suficientes para negligenciar um idoso? 

Talvez a intenção do autor tenha sido justamente chamar a atenção dos leitores de  como os idosos, atualmente,  são tratados na nossa sociedade, principalmente pela própria família que muitas vezes os isolam de sua convivência.

"Todos vamos ficar velhos um dia. Até você. E aposto que sua avó tem um ou dois segredinhos. Todo velho tem..."

Entretanto, as coisas mudam para Ben... Ao procurar biscoitos de chocolate na cozinha da vovó, encontra uma lata cheia de joias e diamantes, deixando-o totalmente intrigado!!!
Será que a vovó era rica?
E se era, por que vivia naquela casinha solitária?
Que segredos se escondiam por detrás daquelas joias?

Assim, em uma sexta-feira como outras, para descobrir o segredo da vovó, Benny decide seguí-la e descobre que sua avó frágil e indefesa é, na verdade, uma vigarista, a “Gata Negra”, uma das ladras de joias mais famosas e procuradas do mundo.

A surpresa então toma conta de Ben. Ele vê a avó assaltando uma loja de joias, vestindo trajes pretos de lycra, e com máscara no rosto. Em que estaria sua avó envolvida?

Diante da descoberta de Benny, a vovó decide contar todas as incríveis histórias de sua juventude e seus tempos dourados.  

Como o sonho da Vovó era furtar as jóias da Coroa Britânica, Ben, coloca em prática seus conhecimentos do “quase encanador” para ajudá-la, formando assim uma parceria.  Dessa forma, Ben, enquanto fica trancado no quarto, começa a planejar o maior assalto às joias do mundo, enquanto seus pais acreditam que o filho está ensaiando para um concurso de dança, o que significa uma esperança para seus pais, já que estão obcecados em realizar seu sonho através do filho.
.
Assim, Ben tem um campeonato de dança para encarar e um roubo para realizar com sua avó, o que leva o leitor a concluir que, inicialmente, o que aparentava ser uma chatice para Ben, torna-se uma grande aventura e, ao mesmo tempo, uma lição de vida, fazendo com que o garoto veja sua avó com outros olhos.
.
"—  Não é porque sua avó é velha, meu jovem, que ela tem que ser chata (...) Não seja tão duro com ela. Todos nós vamos ficar velhos um dia. Até você. E aposto que sua avó tem um ou dois segredinhos. Todo velho tem..."

Vovó Vigarista é um livro infantojuvenil, desprovido de complicações que conquista o leitor através da personalidade do protagonista que é semelhante à ideia da criança que existe dentro de cada um de nós.

Um conto engraçado, divertido e emocionante que consegue fisgar o leitor desde o momento em que se vê esboçando um sorriso diante do título do livro — diga-se de passagem sugestivo —  acompanhado da ilustração da capa, impulsionando o leitor a querer saber mais sobre a Vovó Vigarista.

Outro fator que contribui muito para o envolvimento do leitor são as mensagens nas entrelinhas enaltecidas pelas ilustrações de Tony Ross, que complementam e acentuam as sensações e reações dos personagens durante a estória, tornando a leitura ainda mais estimulante.  

Um pouco sobre o autor
Ator, roteirista e escritor premiado, o britânico David Walliams é o autor de Vovó vigarista, lançado no Brasil em 15 de junho de 2013 pela Intrínseca.

Walliams recebeu o National Book Awards de Melhor Livro Infantil em 2012 e suas obras já ultrapassaram um milhão de exemplares vendidos só na Inglaterra.

Antes de começar a escrever para o público infanto-juvenil, David Walliams ganhou fama como comediante na série de esquetes Little Britain, criada em parceria com Matt Lucas. Sucesso no Reino Unido, o programa foi exibido pelo canal inglês BBC de 2003 a 2006 e recebeu diversos prêmios, incluindo um Bafta.

Atualmente, David Walliams é jurado do show de talentos Britain’s Got Talent e se dedica à carreira de escritor.  Seu livro Vovó vigarista ganhou uma adaptação para o canal BBC One,  produzido por Jo Sargent e Mark Freeland.


Vovó Vigarista
Autor: David Walliams
Ilustração: Tony Ross
Editora: Intrínseca, 2013
Tradução: Edmundo Barreiros
Preço: De R$ 14,90 a R$ 24,90

Tags:
Vovó  Vigarista, velha, neto, repolho, loja de joias, brilhantes